Retrospectiva Literária 2017 da Dani!

Olá, leitores!

Estive bem na dúvida se fazia esse post ou não. Isso por que o ano de 2017 foi bem fraco de leituras, já que no total eu li somente 17 livros este ano. Por outro lado, em minha vida pessoal esse foi um ano de muitas mudanças e realizações. De qualquer forma, resolvi publicar este post para compartilhar com vocês as melhores (e a pior) leituras do ano.

Quem acompanha o instagram do blog (@leiturasecomidinhas) já sabe quais livros entraram para essa lista. Mas além de apenas postar as fotos, quero tentar explicar o porquê desses livros estarem nessa retrospectiva. Vamos lá!

#3 “Dias de abandono” de Elena Ferrante

Este foi o primeiro de Elena Ferrante que li, e já me arrebatou. A trama é simples: conta-nos sobre uma mulher casada e com filhos, que aparentemente tinha vida tranquila, até que um dia, de repente, é abandonada pelo marido. Contudo, a forma como a autora nos conta esta história é visceral. Com uma narração tão realista e intimista é difícil não sentir empatia pela personagem. Talvez você não concorde com as suas atitudes, mas vai, com certeza, admitir que todas são bem verossímeis. Se você nunca passou por uma situação assim, ao menos conhece alguém que já. Então deve ter uma ideia do quão é difícil colocar a vida em ordem e superar o abandono inesperado.

Ainda pretendo ler outras obras da autora, mas confesso que ela já ganhou minha admiração com essa obra incrível.

 

#2 “Lendo Lolita em Teerã” de Azar Nafisi

Que livro! Esta foi realmente uma leitura maravilhosa e que eu recomendo fortemente.

Para quem não conhece a trama, trata-se de um livro autobiográfico de uma professora universitária de literatura em Teerã. A autora conduz a narrativa em diferente linhas temporais que são divididas em cada parte do livro com o nome de um grande autor da literatura mundial, começando com Nabokov, passando por Jane Austen, Henry James e Fitzgerald. Ela aborda literatura enquanto nos conta sobre o regime totalitário e a guerra no Irã. Com a proibição dos mais diversos livros pelo regime, Nafisi reúne umas poucas e confiáveis alunas em sua casa para conversar sobre literatura. Mas o livro vai além, ele aborda bastante a situação da mulher no país. De verdade, é imperdível!

Eu converso mais sobre o livro no vídeo para o canal Leituras e Comidinhas. Confira AQUI.

 

#1 “O papel de parede amarelo” de Charlotte Perkins Gilman

Bem, eu falei sobre este livro tanto em RESENHA aqui no blog, quanto em VÍDEO no canal. Por isso, não vou me estender muito por aqui.

É um livro bem curto, pois trata-se de um conto. Contudo, achei-o muito bem escrito e me fez sentir sufocada por conta da situação da personagem. O mais interessante é que este conto é considerado hoje um clássico da literatura feminista, mas por muito tempo foi considerado apenas um conto de horror psicológico.

Esta edição publicada pela José Olympio também está bem legal por trazer um posfácio que nos conta mais sobre a autora. Vale a pena a leitura!

 

AGORA, O PIOR DO ANO É….

“Wake – Despertar” de Lisa McMann

Eu preparei uma resenha que semana que vem estará postada aqui no blog para explicar melhor o porquê desse livro ter entrado não só para lista dos piores do ano, como também para os piores que já li na vida. Mas para resumir, é um livro mal escrito, mal desenvolvido com uma personagem bem chatinha e mais um monte de personagens sem profundidade e mal aproveitadas na história. A autora teve em mãos a oportunidade de desenvolver subtramas interessantes com algumas delas (como a mãe alcoólatra da protagonista), mas não o faz. Aliás, me parece que foi um livro escrito somente para aproveitar o embalo de livros YA sobrenaturais que estava muito em alta na época e lucrar com esse mercado. Um livro que em nada acrescenta, e mesmo analisando-o somente sob o ponto de vista de um entretenimento, sua história é fraca demais e não foi lá um divertimento muito prazeroso. Principalmente por conta de uma personagem irritante e um romance forçado.

De verdade, sei que muita gente adora esse livro. Contudo, para mim, ele não funcionou em nenhum aspecto.

 

Bem, leitores queridos, esta foi a minha retrospectiva para este ano. Feliz 2018 a todos vocês, que o ano novo seja recheado de boas leituras. Beijos!

Posts Recomendados

Deixe um Comentário